segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Tribunal

Deitar-se e o olhar ao teto, seja o travesseiro confortável ou desconfortável, seja sem o travesseiro, basta deitar-se e olhar ao teto...

...seu maior julgamento.

Correr a vida, ignorar cada detalhe comumente tratado como imbecil, observar cada memória como reminiscências sem frutos...

...eis seu maior crime.

Às vezes nunca saímos do tribunal.
Isso não é vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário